SindilojasRio e CDLRio questionam prefeitura sobre abertura do comércio de rua somente a partir das 11h

SindilojasRio e CDLRio questionam prefeitura sobre abertura do comércio de rua somente a partir das 11h

Foi publicado nesta sexta-feira (11/12), no Diário Oficial do Município, o Decreto nº 48.279 que estabelece horário de funcionamento escalonado para indústria, comércio e serviços, alterando o Decreto nº 48.165, de 3 de novembro passado.

De acordo com este novo decreto, o comércio de rua só pode abrir a partir das 11h, com horário de fechamento livre, já a partir deste sábado (12/12). Os shoppings e centros comerciais, no entanto, podem ficar abertos 24 horas por dia.

Imediatamente, o SindilojasRio e o CDLRio enviaram um ofício ao prefeito do Rio, Marcelo Crivella, requerendo que, em vez de limitar o horário de funcionamento do comércio de rua, permitindo a abertura somente a partir das 11h – o que irá ocasionar maior número de pessoas circulando em menor espaço de tempo –, seja dada a oportunidade a este segmento de organizar-se da melhor forma possível para que as medidas de segurança e higiene sejam intensificadas para proteger não apenas seus colaboradores, como seus clientes.

“O comércio de rua ficou paralisado por mais de 100 dias, levando ao fechamento de diversos estabelecimentos. Em hipótese alguma, nossas entidades são contra as medidas de prevenção à covid-19, mas o comércio de rua não pode ser mais prejudicado do que já foi”, alerta Aldo Gonçalves, presidente do SindilojasRio e do CDLRio.