You are currently viewing Segurança e qualidade de vida em pauta

Segurança e qualidade de vida em pauta

Em sua reunião mensal, realizada no dia 31 de março, no SindilojasRio, o Conselho Comunitário de Segurança (CCS) do Centro Histórico e da Lapa discutiu demandas de empresários e moradores da região, e prestou uma homenagem às mulheres presentes, ainda pelo Dia da Mulher (8/3), e, também, ao 3º Sargento Gabriel Monteiro Aguiar e ao 2º Sargento Cléber de Almeida Moura, pela Ação Humanitária em Petrópolis.

A mesa de trabalho, coordenada pela presidente do CCS, Maria João Gaia, e pelo vice-presidente do SindilojasRio e presidente da Sarca, Roberto Cury, contou com a participação da deputada estadual Martha Rocha (PDT); da historiadora, escritora e ativista do movimento negro e de mulheres negras, Cláudia Vitalino, da presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Rio de Janeiro (SATEMRJ), Miriam Lopes, e do delegado titular da 5ª DP, Bruno Gilaberte.

O grupo discutiu com os participantes do encontro, entre eles os conselheiros das Áreas Integradas de Segurança Pública, ações que poderão ser implementadas para aumentar a segurança e a qualidade de vida na região da Lapa e do Centro.

A deputada Martha Rocha, ressaltou a importância da representatividade feminina na política e na polícia, comentando como sempre enfrentou as adversidades pessoais e profissionais em instituições predominantemente masculinas. Ela frisou que é fundamental implantar políticas públicas que abram espaços para as mulheres. “Essa é uma luta não só das mulheres, mas de todos que acreditam que é possível construir uma sociedade pautada na solidariedade e na justiça e que não tolere o preconceito e a violência”, concluiu.

Nesse contexto, Cláudia Vitalino disse que para ser uma sociedade mais justa é preciso que todos tenham a mesma oportunidade, que a equidade seja real. “Precisamos estar comprometidos com a pauta racial. Nossa sociedade nunca será plena enquanto mulheres e negros não tiverem, na prática, os mesmos direitos”, concluiu.

Já Miriam Lopes falou sobre a atuação vital dos auxiliares e técnicos de enfermagem durante a pandemia de covid-19, destacando que é preciso valorizar mais a categoria.

Para saber mais sobre o trabalho do Conselho Comunitário de Segurança do Centro Histórico e da Lapa, envie um e-mail para [email protected] ou acesse a página no Facebook https://www.facebook.com/centrohistoricoelapaccs5aisp/