Prefeitura do Rio anuncia novas medidas de restrição para combater a covid-19

Prefeitura do Rio anuncia novas medidas de restrição para combater a covid-19

Segmentos do Comércio considerados não essenciais fecham entre 26 de março e 4 de abril

Diante do avanço da pandemia, os comitês científicos das prefeituras do Rio e de Niterói recomendaram, nesta segunda-feira (22), que apenas os serviços essenciais permaneçam abertos. Os prefeitos Eduardo Paes e Axel Grael acataram as recomendações e acabam de anunciar as medidas em entrevista coletiva. Amanhã será publicado o Decreto com as novas determinações.
Apenas os serviços essenciais serão permitidos entre 26 de março e 4 de abril, além do teletrabalho para servidores e empregados públicos e incentivo do mesmo para empresas e outros serviços privados.

Foi anunciado o seguinte conjunto de medidas para combater a propagação da covid-19:

• Proibida a permanência de pessoas em vias públicas das 23h às 5h.

• Estabelecimentos que não poderão abrir:
– lojas de comércio não essencial;
– shoppings;
– bares, lanchonetes e restaurantes (só podem funcionar com drive thru ou entrega);
– boates, danceterias, salões de dança, casas de festa;
– museus, galerias, bibliotecas, cinemas, teatros, casas de espetáculo e salas de apresentação;
– salões de cabelereiro, barbearias, institutos de beleza e estética;
– clubes sociais e esportivos e serviços de lazer;
– parques de diversão e circos;
– quiosques em geral, incluindo-se os da orla marítima.

• Estão suspensos:
– feiras, exposições, congressos e seminários;
– estabelecimentos de ensino.

• Estabelecimentos que podem funcionar:
– supermercados;
– farmácias e comércio de equipamentos médicos e suplementares;
– transporte de passageiros;
– pet shops e assistência veterinária;
– bancas de jornais (sem venda de bebidas);
– lojas de material de construção e ferragens;
– serviços de mecânica e comércio de auto peças;
– serviços funerários;
– serviços médicos;
– bancos e lotéricas;
– Hotelaria e hospedagem (serviço de refeição restrito aos hóspedes);
– atividades industriais e obras de construção civil;
– serviços de entrega em domicílio;
– serviços de telecomunicação e call center.

Mais informações com o setor Jurídico do SindilojasRio pelos telefones/WhatsApp 98148-8699 ou 96479-2512.