You are currently viewing Mercado e Tendências do Varejo

Mercado e Tendências do Varejo

Franquias do Rio – O mercado de franquias consolidou sua recuperação em 2021, compensando grande parte das perdas de 2020. Segundo o balanço anual da Associação Brasileira de Franchising (ABF), no estado do Rio de Janeiro o crescimento foi de 9,5 % no faturamento geral das redes de franquias, com mais de R$ 17,4 bilhões de receita em 2021. Já em número de unidades, o mercado fluminense expandiu 16,5%, totalizando 17.154 operações. A flexibilização ou suspensão das medidas restritivas de distanciamento social, ampliando o funcionamento do comércio em geral; o bom desempenho de alguns setores beneficiados pela maior permanência das famílias em casa, como o de construção civil e de saúde e beleza; e os ganhos de eficiência das redes de franquias, que investiram mais na digitalização de suas operações, na multicanalidade e em novos modelos de negócios, são fatores que contribuíram para esse bom desempenho. Em relação aos empregos, de acordo com a pesquisa da ABF, o setor gerou mais de 145 mil vagas diretas no estado, em 2021, 17,9% a mais que em relação a 2020.

 

Diversidade – A Mattel tem se empenhado em acompanhar as mudanças culturais e sociais, criando Barbies que representem a diversidade do mundo, como forma de construir um futuro melhor e mais igualitário, que respeite as diferenças. Seu último lançamento, antecedendo os eventos do Orgulho LGBTQIA+ em junho, homenageou pela primeira vez uma mulher trans com uma boneca Barbie, a atriz Laverne Cox, que fez 50 anos. Famosa pelos seus papéis nas séries “Orange is the new black” e “Inventando Anna”, Laverne também é a primeira pessoa trans a ser capa da revista Time e a ganhar estátua no museu Madame Tussauds. A boneca da atriz faz parte da coleção Barbie Tribute.

 

Expansão – A Saque e Pague, rede de autoatendimento (ATM), planeja chegar aos três mil terminais até o fim do ano. Atualmente, a empresa conta com 2.400 terminais instalados em mais de 450 cidades brasileiras, nos quais é possível realizar 40 tipos de serviços e transações, como saques, depósitos sem envelope, câmbio de moeda estrangeira, recarga de celular e outros.

 

Big Data – A Amazon lançou um novo serviço de análise de lojas físicas de varejo, o Store Analytics, que oferece às marcas informações sobre o desempenho de seus produtos, promoções e campanhas de anúncios. As empresas terão acesso a dados sobre como seus produtos se classificam e se comportam, e a métricas de desempenho para campanhas da loja. Com isso, os lojistas poderão tomar decisões mais efetivas sobre ofertas e campanhas de anúncios, melhorar a experiência dos clientes em relação ao espaço físico, à seleção e à disponibilidade de produtos, e entregar mais valor por meio de publicidade e promoções relevantes.

 

Combate ao comércio ilícito – A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) e o Mercado Livre firmaram uma parceria para combater anúncios ilegais e a venda de produtos ilícitos do setor, utilizando o Brand Protection Program (BPP), ferramenta que reúne recursos e ações de inteligência artificial e learning machine. Só nos últimos dozes meses, no Mercado Livre, foram feitas 98 mil denúncias por usuários, a ferramenta removeu proativamente mais de oito milhões de anúncios e foram feitos 37 mil acordos de colaboração. O consumo de produtos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos na plataforma ocupa o oitavo lugar entre as categorias, com 15 milhões de consumidores/mês, sendo 58% deles, mulheres. E 21% dos usuários do segmento de beleza compram nas lojas oficiais das marcas dentro do Mercado Livre. (Fonte: ABIHPEC)