You are currently viewing Galeria do Catete aposta em ambientes instagramáveis reforma e música ao vivo

Galeria do Catete aposta em ambientes instagramáveis reforma e música ao vivo

Atenta às tendências do chamado mundo figital, que soma a experiência digital à física e ganha cada vez mais força desde o início da pandemia, a Galeria Catete 228, o tradicional centro comercial situado neste número da Rua do Catete, no bairro de mesmo nome da Zona Sul do Rio, há mais de 40 anos, decidiu apostar em ambientes instagramáveis para usar nas redes sociais. E assim, encantar e conquistar antigos e novos clientes.

A síndica Adriana Dias conta que a decoração atual dos guarda-chuvas, inspirada no festival “Umbrella sky” que leva anualmente turistas do mundo todo a Portugal, tem feito muito sucesso entre os frequentadores. “Eles tiram fotos e divulgam a Gale[1]ria Catete 228 nas redes sociais espontâneamente, com um feedback muito positivo para as nossas lojas e serviços”, diz ela.

A decoração, instalada inicialmente apenas no primeiro andar, próxima à praça de alimentação, foi estendida para os segundo e terceiro andares da galeria. “Os lojistas e os frequentadores gostaram tanto da ideia, que ampliamos o projeto. Observando as redes sociais da galeria e as das lojas, notamos que as postagens com a nossa nova decoração e ótimos comentários têm contribuído para que mais pessoas nos procurem para fazer suas compras, utilizar serviços e, claro, tirar fotos divertidas para suas redes sociais”, destaca Adriana. A galeria já está planejando novas decorações, para repetir o sucesso dos guarda-chuvas e da vila natalina que renderam muitos posts e cliques nas mídias sociais em dezembro.

A Galeria Catete 228, com a ajuda da arquiteta Mônica Pereira, também reformou sua praça de alimentação, que ganhou plantas, bancadas, vidros e espelhos nas laterais das escadas rolantes, deixando o ambiente amplo, transparente e mais aconchegante.

Otimista, a síndica da galeria conta que tudo é feito com muita troca de ideias com os lojistas e também com muita criatividade visual e financeira. “Mesmo com poucos recursos é possível ser criativo e fazer coisas diferentes”, afirma ela. Outra ação foi a instalação de tevês na praça de alimentação que passam vídeos das lojas da galeria, em especial as do segundo e do terceiro andares.

Todas essas ações têm aumentado o fluxo de consumidores na galeria, que ganhou novas lojas, como Rommanel, Myscelânea, Espaço Shirlei Padilha, Unique e Manoel Melo Design, entre outras.

Inaugurada há pouco tempo, no segundo andar, a loja do empresário Manoel Melo, especializada em cortinas e almofadas, já opera a todo vapor. Há 30 anos no mercado, com outras duas lojas no Méier e uma na Tijuca, e atuando também na Babilônia Feira Hype, o empresário sonhava com um ponto na Zona Sul há algum tempo. Quando conheceu a Galeria Catete 228, encantou-se pelo espaço. Ele destacou a importância do visual merchandising. “É preciso chamar a atenção do cliente. Senão ele passa direto. Temos que estar sempre atentos às mudanças, às tendências”, afirmou.

Também instalada no segundo andar, a empresária Solange Negrato, que optou pelo ramo de semijóias e prata depois de 40 anos no ramo do ouro, está há um ano na Galeria Catete 228 com o quiosque Felicità. Ela também elogiou a nova ambientação da galeria. “A nova decoração levou muitas pessoas para os andares de cima, em busca do melhor ângulo para fotos. Estamos bem perto dos guarda-chuvas. As pessoas vêm tirar fotos e acabam conhecendo nosso quiosque. Temos um excelente produto e o retorno é bom”, disse ela.

E as novidades não param por aí. Depois da apresentação do cantor que participou do programa The Voice +, Carlos Miziara, que agitou a Galeria Catete 228 em dezembro, em breve o espaço passará a oferecer música ao vivo, com voz e violão, às sextas-feiras.

“Estamos confiantes e muito felizes com os resultados, entre eles, termos poucas lojas disponíveis para locação. Recentemente, o bairro ganhou os bares da Alcione e do Zeca Pagodinho, o que vem atraindo ainda mais atenção para a região. Queremos aproveitar esse momento, oferecendo um espaço cada vez mais moderno e seguro para os nossos lojistas e clientes”, conclui Adriana Dias, a atarefada síndica da Galeria Catete 228.