You are currently viewing Comércio do Rio pode perder mais de R$ 4,2 bi com feriados este ano

Comércio do Rio pode perder mais de R$ 4,2 bi com feriados este ano

Com nove feriados nacionais, além de outros estaduais e municipais, o comércio varejista da Cidade do Rio de Janeiro pode perder mais de R$ 4,2 bilhões em receitas de vendas no ano. A estimativa é do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDLRio) e do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro (SindilojasRio). Segundo as entidades, cada dia parado representa uma perda média de cerca de R$ 385 milhões.

Segundo Aldo Gonçalves, presidente do CDLRio e do SindilojasRio, que juntos representam mais de 30 mil lojistas, os 11 feriados do ano, mesmo com apenas um com o possível prolongamento, “vão punir os lojistas, principalmente as lojas de rua que são as que mais sofrem, especialmente o centro da cidade que fica completamente deserto.”

“Não há dúvida que este excessivo número de dias parados prejudicará o comércio. E não são apenas os empresários lojistas que perdem com isso. Perdem o governo que deixa de arrecadar impostos; os comerciários que deixarão de vender e também o próprio consumidor que não pode comprar. No caso dos comerciários, estimativa mostra que eles podem perder até 50% do salário no ano. Não somos contra os feriados em datas comemorativas – e até mesmo, quando possível, o adiamento deles. Mas somos a favor de que a sociedade civil organizada, empresários, líderes de classe e autoridades se sentem à mesa para discutir outras soluções que evitem tamanho desperdício”, conclui Aldo Gonçalves.